Região

Indivíduos foram detidos demolindo casa sem autorização da dona

Nesta terça-feira (20), quatro indivíduos foram detidos enquanto desmanchavam uma casa de madeira no Jardim Alvorada, em Maringá.  Três homens que contavam com a ajuda de uma mulher, foram presos em flagrante por tentativa de furto qualificado, pela Polícia Civil. Ao serem ouvidos, eles alegaram que tinham sido contratados por outra pessoa, que eles pensavam ser o dono da residência, por um valor de R$ 150. Após a checagem dos fatos, eles foram liberados.

Segundo a dona da casa, Florisdival Pereira Cadide, um vizinho teria considerado estranha a demolição repentina da casa, que estava vazia, e ligou para a irmã dela, a Sra. ainda afirmou que assim que chegou em sua propriedade acionou a polícia para que pudesse registrar um boletim de ocorrência. Mesmo com a rápida ação das autoridades, o telhado e parte das paredes já tinham sido retirados.

Depois de identificado, o  homem que comandava a demolição afirmou aos policiais que havia negociado com outra pessoa, na segunda-feira (19), que iria retirar as madeiras por R$ 2 mil. Porém,  ele não soube informar o nome nem o telefone de quem o autorizou. Foram apreendidos no local dois pés-de-cabra e um martelo.