Variedades

Petra Belas Artes À LA CARTE

Uma maneira de ver filmes em casa: com programação especial, como a do Cine Belas Artes, um dos cinemas mais tradicionais da cidade de São Paulo

 

om acervo com curadoria, pensado para quem ama uma programação de qualidade o Petra Belas Artes À LA CARTE é uma plataforma de streaming criada no final de 2019, e que ganhou muita força, em abril de 2020, quando após 5 meses do seu nascimento, passou a oferecer um mês de gratuidade aos cinéfilos, durante a Pandemia. Desde em então, a plataforma criada pelo Belas Artes Grupo passou a ter um crescimento de pelo menos 40% ao mês, ganhando cada vez mais espaço no dia a dia dos cinéfilos.

A ideia inicial sempre foi poder levar para todo o Brasil aquilo que os cinéfilos de São Paulo tinham no Cine Petra Belas Artes, ou seja, uma programação de qualidade, com curadoria, e que tenha em seu catálogo de forma permanente, filmes que não são encontrados nas plataformas globais. Ou seja, filmes de grandes diretores, de vários países do mundo, e que fazem parte da história do cinema. Além disso, toda semana quatro novos filmes entram no “cardápio” do Petra Belas Artes À LA CARTE e não saem do ar, ou seja, eles ficam durante muito tempo disponíveis para que os assinantes possam ver e rever seus filmes preferidos.

No Petra Belas Artes À LA CARTE o assinante encontra os filmes divididos em categorias singulares e criativas com classificações como: "cults incríveis", “mulheres maravilhosas”, "hahaha", “para roer as unhas”, "o que todo cinéfilo precisa ver antes de morrer" e "novo no cardápio", entre várias outras. Além disso, a plataforma também lança filmes de forma inédita e exclusiva como foi o caso do lançamento de “Apocalypse Now – Final Cult”, “O Hotel às Margens do Rio” de Hong Sang Soo, o brasileiro “Partida”, de Caco Ciocler, entre outros.

O cardápio o Petra Belas Artes À LA CARTE conta com quase 300 filmes, como joias raras como "As Damas do Bois de Boulogne" (1945), obra-prima de Robert Bresson, diretor que, até hoje, é referência para jovens cineastas; "E Deus Criou a Mulher" (1956), filme que transformou Brigitte Bardot em sex symbol; "As Diabólicas" (1955), de Henri-Georges Clouzot, o grande mestre francês do suspense; "O Casamento de Muriel" (1994), comédia australiana que revelou a atriz Toni Collette e tornou cult as músicas do grupo Abba; "Possessão" (1981), de Andrzej Zulawski, com a arrepiante atuação de Isabelle Adjani, premiada no Festival de Cannes; e “O Pequeno Buda” (1993), uma das mais ambiciosas produções do diretor italiano Bernardo Bertolucci, com a magnífica direção de  fotografia de Vittorio Storaro e muitos outros.

Serviço:

O À LA CARTE funciona em seu próprio site http://www.belasartesalacarte.com.br e conta também com aplicativo para Iphone e androide além de dispositivos em algumas marcas de smart TV, facilitando assim, todas as transações e comandos dos usuários.   

Valor assinatura mensal: R$ 9,90 | Valor assinatura anual: R$ 108,90

Para se cadastrar basta acessar o site.